A americana Kayla Edwards, de 27 anos, descobriu aos 16 anos que havia nascido sem útero. Mas, em 2017, ela passou por um transplante raro e finalmente conseguiu engravidar.

Ela recebeu um útero transplantado nos Estados Unidos. Após o procedimento, Kayla passou por três fertilizações in vitro, mas nenhuma teve sucesso. Recentemente, após a quarta tentativa, ela finalmente está grávida e vai realizar o sonho de ser mãe.

De acordo com o site Daily Mail, há registros de apenas outras duas mulheres no mundo que conseguiram gerar um bebê após transplante de útero. Em 2017, outra americana deu à luz depois de passar pelo mesmo procedimento. A técnica de transplante foi desenvolvida na Suécia e tem casos na China, Alemanha e Turquia.

Kayla nasceu com uma anomalia congênita chamada de agênese vaginal, em que parte do aparelho reprodutor feminino não se forma. Em graus variáveis, há ausência de útero e mal desenvolvimento da vagina. No entanto, mulheres com a condição têm formação normal de ovários e clitóris. Apresentam vida sexual ativa, no entanto não têm menstruação ou possibilidade de engravidar de forma natural.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos