A inglesa Anthea Smith, de 43 anos, usava regularmente camas de bronzeamento artificial desde os 14 anos. E, segundo os médicos, por conta disso desenvolveu um câncer de pele agressivo.

De acordo com o site Daily Mail, uma verruga surgiu na orelha há cinco anos. Rapidamente cresceu e uma biópsia apontou ser melanoma.

As sessões de radioterapia não foram suficientes e recentemente, a orelha teve que ser removida e substituída por uma prótese.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos