A inglesa Gemma Whyatt (na foto), de 24 anos, tem uma condição de pele rara chamada de nevo melanocítico congênito (NMC). Por causa disso, tem manchas escuras por todo o corpo. Ela é uma entre 30 pessoas com NMC que foram fotografadas para uma exibição internacional.

O projeto é da ONG Caring Matters Now, em parceria com o fotógrafo inglês Brock Elbank, que levou três anos para reunir pessoas de 13 países diferentes e que topassem ser registrados.

“Se outras pessoas virem meu corpo como arte e algo a ser celebrado, será incrível para mim”, disse em entrevista à BBC. Ela contou ainda que a doença só a afetou na adolescência. “Eu percebi que era diferente e comecei e me esconder. Usava mangas longas, cachecol e moletom o tempo todo, até na praia. Não conhecia ninguém que tivesse a mesma condição”, contou.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos