Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia, anunciou nesta semana uma medida do país no combate ao coronavírus que vai mexer no bolso dos próprios políticos. Ela disse que o seu salário e o de todos os membros do governo será cortado em 20% pelos próximos seis meses.

“Sabemos que os neozelandeses que dependem dos seus salários estão tendo os ganhos reduzidos ou estão perdendo seus empregos por causa da pandemia global do covid-19. Hoje, eu e os ministros do governo e os chefes do setor público vamos reduzir nossos salários em 20% nos próximos seis meses”, disse durante discurso online.

Até a última atualização, a Nova Zelândia teve 1086 casos confirmados de coronavírus, 816 recuperados e 11 óbitos.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos