Um estudo recente da Universidade de Pavia, na Itália, publicado no ‘Journal of Agricultural e Food Chemistry’ concluiu que um dos componentes do vinho podem matar até 99% das bactérias que causam cáries e dão origem às infecções de garganta.

O efeito anti-bacteriano foi encontrado tanto no vinho tinto quanto no branco. “Concluímos que este efeito age contra os estreptococos orais patogênicos e também é ativo na prevenção de cárie e patologias do trato respiratório superior”, afirmou Maria Daglia, uma das líderes do estudo ao site inglês Metro.

“Diversos estudos mostram que o consumo moderado da bebida é benéfico para a saúde humana, como proteção contra doenças do coração e até câncer”, completou.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos