Curta-metragem resgata histórico festival Banana Progressyva, realizado em SP em 1975

Redação

Por

Atualizado em 19/08/2015

Se a Laranja é Mecânica, por que a Banana não pode ser Progressyva? Em 1975, portanto há 40 anos, aconteceu em São Paulo o festival Banana Progressyva, que reuniu rock, pop e MPB durante quatro noites, em pleno teatro da Fundação Getúlio Vargas, na Avenida Nove de Julho. Imagina só.

Pois para ajudar a imaginação, surge agora um curta-metragem que resgata a jornada do histórico festival. O curta foi criado a partir de filmes em Super-8 rodados pelo cineasta Salo Felzen e agora restaurados por Fabricio Bizú.

No curta, surgem depoimentos e trechos de shows, mostrando artistas e bandas como Erasmo Carlos, Hermeto Pascoal, Vímana (banda progressiva que contava com Lulu Santos, Lobão e Ritchie no “elenco”), Som Nosso de Cada Dia, Veludo, Lúcia Turnbull, a Lidoka das Frenéticas (que na época ainda não existiam)…

Dá um look no line-up do Banana Progressyva 1975...

Divulgação / Reprodução Dá um look no line-up do Banana Progressyva 1975…

Aparecem também cenas antológicas como os roqueiros passando entre hare krishnas e policiais na porta do teatro, entre outras raridades.

Organizado e produzido por Fernando Tibiriçá, que já promovia diversos eventos na capital paulistana, o Banana Progressyva foi um sucesso de bilheteria e desencadeou outras temporadas em diversos teatros da cidade durante a segunda metade da década de 70.

O curta será exibido neste sábado (22/08), antes do show da banda Vanguart, como parte do Banana Progressyva 2015. O local é o Superloft, que fica na Rua Cardeal Arcoverde, 2926. A casa abre às 18h.

Fernando Tibiriçá, o criador do Banana, em imagem de 1975

Divulgação Fernando Tibiriçá, o criador do Banana, em imagem de 1975

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários