Quem não ama Mitchell e Cameron?

Divulgação Quem não ama Mitchell e Cameron?

Se no Brasil a homofobia ainda é um assunto espinhoso e de consequências violentas, em outras partes do mundo a coisa tem, quando o assunto é televisão, caminhado bem. Um exemplo disso é o crescimento da presença LGBT em seriados ultra-populares tanto na TV aberta dos Estados Unidos, quanto em canais fechados ou serviços por streaming, como Netflix e Amazon.

O maior exemplo disso talvez seja Orange is the new Black. 

Produção da Netflix, o seriado traz diversas personagens homossexuais, além de Sophia Burset, presidiária transgênero interpretada por Laverne Cox, também mulher trans. A audiência da série é gigante, com números semelhantes aos de Game of Thrones, da HBO, que bate recordes e recordes seguidamente.

A lindíssima Sophia Burset

Divulgação A lindíssima Sophia Burset

Os LGBTs da TV americana estão espalhados por outras tantas produções, sejam homossexuais, bissexuais ou transexuais. Na galeria, você pode conferir 10 desses nomes de destaque.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos