Ela, filme dirigido e escrito por Spike Jonze, tem um roteiro tocante como poucos. Dois roteiristas, Sachin Gadh e Jonathan Sender, estão processando o cineasta por, supostamente, ter roubado o texto deles.

De acordo com a ação movida, eles escreveram um roteiro intitulado Belv, em 2011, e o enviaram para a agência CAA, que representa Jonze. A empresa os informou, no entanto, que não recebia textos não solicitados. Em 2013, quando viram Ela, ficaram impressionados com as similaridades.

De acordo com os roteiristas, nos dois filmes, o protagonista carregava seu “objeto de paixão” no bolso da camisa. Em ambos, a psique humana é examinada por meio de interações entre um humano e um computador. Além disso, o personagem principal é uma pessoa de coração partido que procura consolo em seu computador.

Ela concorre aos prêmios Oscar de melhor filme, melhor roteiro original, melhor canção e desenho de produção.

Fechar X
Sem mais artigos