Potter_family1

Quem segue a autora de Harry Potter, J.K. Rowling, no Twitter, é constantemente surpreendido com conversas reveladoras entre a escritora e seus fãs. Em uma série de posts na sexta-feira (27), a autora discorreu sobre os motivos pelos quais Harry Potter decidiu homenagear Severus Snape, vilão em boa parte da narrativa, batizando seu filho do meio como Albus Severus Potter.

J.K. escreveu: “Snape morreu por Harry, pelo amor que tinha por Lily. Harry o homenageou por perdão e gratitude. Há um longo ensaio sobre o por que Harry deu o nome de Snape ao seu filho, mas a decisão foi por causa do coração de quem Harry era, no pós-guerra”.

“Hoje de manhã, eu pensei muito sobre o encanto de dicotomias simplistas em nosso mundo tão complexo, mas daí vocês colocam Snape em questão. Acho isso muito apropriado”.

“Snape não é preto no branco. Ele não era santo, era vingativo e fazia bullying. Ele não era o demônio, pois ele morreu para salvar o mundo da magia”.

“Ao honrar Snape, Harry esperou que seu coração também fosse perdoado. As mortes na Batalha de Hogwarts o assombrariam para sempre. Snape era um bully que amava o bem em Lile, mesmo não sendo capaz de emular isso. Essa era sua tragédia. Snape não morreu por ideais. Ele morreu em uma tentativa de expiar sua própria culpa”.

“Ele podia se retirar a qualquer momento para se salvar, mas preferiu não dizer a Voldemort que ele estava cometendo um erro ao mirar Harry. O silêncio de Snape assegurou a vitória de Harry”, encerrou a escritora.

Aproveitando que vopcê está aqui, a gente fez uma galeria de fotos com tatuagens em homenagem ao universo de Hogwarts. Dá uma olhada:

Fechar X
Sem mais artigos