A personagem Vivian Ward era uma mulher de sorte, mas não só ela: Julia Roberts também acredita ser uma por ter conseguido interpretar a protagonista, um feito que só conquistou após oito atrizes recusarem o papel – entre elas Meg Ryan e Diane Lane. Mas Roberts não acha que ‘Uma Linda Mulher’ poderia ser feito atualmente.

“Eu não acho que poderíamos produzir esse filme hoje em dia, né?”, disse a atriz em entrevista ao The Guardian. “Há tantas coisas que podem ser criticadas, mas não acredito que isso impeça as pessoas de gostarem dele.”

A atriz ainda contou que quase recusou o papel de Anna Scott em ‘Um Lugar Chamado Notting Hill’, reconhecendo que por pouco não cometeu um erro. “Você gostaria de interpretar uma das maiores estrelas de cinema do mundo que se apaixona pelo dono de uma livraria? Não!” Roberts só mudou de ideia – e ficou surpresa com isso – após conhecer os produtores e reconheceu “esse filme é uma pequena joia”.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos