Domingos Montagner está desaparecido

TV Globo/Divulgação Domingos Montagner está desaparecido

A região do rio São Francisco onde o ator Domingos Montagner, de Velho Chico, da TV Globo, se afogou nesta quinta-feira (15) é uma das áreas mais evitadas e assustadoras do canal que liga os estados Sergipe e Alagoas, conhecida assim pelos moradores. No entanto, não possui qualquer aviso de segurança.

A informação é do site Ego, que conversou com o delegado de uma delegacia em Canindé, Antonio Francisco, responsável pelo caso. Segundo ele, a polícia abriu um inquérito para investigar o caso. Ele relatou que Domingos estava acompanhado por Camila Pitanga e um motorista. “Eles foram dar um passeio de carro e aí pediram para parar na Prainha para um mergulho”, afirmou ele.

A Prainha é uma região própria para banho. O problema é a área específica onde os atores estavam. “A Prainha é ótima para banhos, uma área agradabilíssima. O problema é o local específico em que eles foram mergulhar. Ali tem muita correnteza, os moradores da região nunca vão ali”, alertou ele.

A busca foi realizada com o auxílio de helicópteros do Grupamento Tático Aéreo, policiais locais e do Corpo de Bombeiros. A delegacia tem sido a responsável por colher o depoimento dos envolvidos, incluindo Camila. “Ela está muito abalada, narrou toda a situação. Quando a correnteza o puxou, ela tentou ajudá-lo, mas não conseguiu. O local ali realmente é muito delicado”, disse o delegado.

Domingos Montagner morreu afogado
Domingos Montagner, o protagonista Santo de Velho Chico, morreu depois de ser arrastado pela correnteza do rio São Francisco, em Sergipe. O ator, que tinha 54 anos, era casado e pai de três filhos, foi encontrado sem vida a 18 metros de profundidade e preso a pedras.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos