Prestes a retornar à Netflix como Peter Kavinsky no longa “Para Todos os Garotos: P.S. Ainda Amo Você”, o astro teen Noah Centineo estampou a capa da edição digital da revista Harper’s Bazaar e deu detalhes surpreendentes sobre sua relação com as drogas.

Com 23 anos de idade, o ator já está sóbrio há dois anos. Ele começou a usar substâncias químicas aos 17 anos, revelando que amava se reunir com os amigos para tomar ecstasy e “conversar por cinco horas, tentando chegar ao fundo de uma questão existencial super profunda e filosófica”. No entanto, essas experiências pararam um dia antes de seu 21º aniversário.

“Não havia muitas drogas que eu não usasse”, comentou à revista. “Eu nunca injetei nada, o que é bom. [Mas] fumei muitas coisas. Eu estava muito triste, cara. Foi um período muito sombrio na minha vida”, admitiu.

Após o divórcio dos pais, quando tinha 15 anos, Centineo contou que acabou “suprimindo várias emoções”. Mas agora a história é diferente: chega de reprimir os sentimentos.

“Eu surto bastante”, afirmou. No entanto, ele diz ter diversos hábitos para tentar se manter são: “eu gosto de tomar banho de banheira. Gosto de meditar. Gosto de escrever. Falo muito sozinho se estou bravo com algo que fiz. Eu grito bastante comigo… Olhando no espelho, sabe?”, revelou. “Sou muito responsável, mas também posso me fazer extrapolar os limites. E isso é muito forte”.

Fechar X
Sem mais artigos