Interpretar Daenerys Targaryen é uma tarefa para poucas e que Emilia Clarke dominou com tranquilidade. Nem todos sabem, mas esse foi o seu primeiro emprego! Em uma conversa com a também atriz Regina Hall para o site Variety, a estrela contou como o papel foi crucial para ela enfrentar um dos períodos mais difíceis de sua vida.

“Eu fiquei tão feliz de ter um emprego, foi o meu primeiro trabalho [atuando]. Sabia que era incrível estar na HBO, mas acima de tudo, sabia que ter um pagamento regular para além de servir mesas também era incrível”, dividiu Emilia, que como Regina, trabalhou como garçonete antes da fama.

O papel não só levou Emilia ao estrelato, como “literalmente salvou sua vida” durante a batalha contra dois aneurismas cerebrais. “O papel me colocou em um estado mental adequado depois da lesão cerebral. Ao interpretá-la, dei mais de mim a cada temporada porque era uma questão de vida ou morte. Senti de forma tão forte que ela estava me salvando. Só havia ela para mim. Esse era o meu único foco e o que me permitiu não pensar em coisas tão assustadoras depois de entrar no set”, explicou.

A atriz revelou o problema de saúde este ano em um artigo ao The New Yorker. De acordo com o relato, ela sentiu dores insuportáveis e chegou a esquecer o próprio nome após a primeira operação.

Durante o bate-papo, Emilia ainda contou que, infelizmente, não levou nenhuma lembrança do set de filmagens para casa – algo do qual se arrepende – e que precisou de um tempo para se acostumar com o desfecho deste ciclo.

“Somos como uma família. Você via pela primeira vez a verdadeira fragilidade de todos surgindo conforme o final ia chegando. Você dizia ‘está tudo bem, está tudo bem’, e quando finalmente terminou, isso acabou com tudo mundo”, desabafou.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos