Depois de ficar sabendo que seu novo programa, Brand X, garantiu mais sete episódios, Russell Brand afirmou que gostaria de ter a participação de Charlie Sheen e da ex-candidata a vice-presidência dos EUA, Sarah Palin.

Durante uma entrevista coletiva na Television Critics Assotiation, em Beverly Hills, ele foi bastante direto – e pouco delicado – sobre os motivos pelos quais gostaria de entrevistar a política.

“Eu iria direito ao ponto. As pessoas querem f**-la, não querem? É por isso que eles toleram as outras coisas…ok, é uma coisa maluca dizer que vê a Rússia da janela – mas a p* não mente”, afirmou.

Brand também fez uma piada com Charlie Sheen, comentando como poderia ser a participação do astro de Anger Management. “Eu conheço um pouco Charlie Sheen. Talvez nós o tenhamos todas as semanas e contemos com uma de suas personalidades diferentes (a cada programa)”.

Quanto ao formato, o ator inglês disse que pretende ter mais convidados e fazer algo um pouco mais convencional daqui em diante. Ele explicou ainda que quer transformar a atração em uma espécie de mistura entre The Daily Show e o programa de Tom Green.

“Acho que a razão pela qual esses programas de fim de noite têm uma semelhança é porque as pessoas gostam dessa fórmula”, avaliou.


Fechar X
Sem mais artigos