Helena Yoshioka/Netflix

“A sensação de impossibilidade não existe”, os espectadores aprendem logo no episódio inicial de ‘The Politician’, primeira série de Ryan Murphy, criador de ‘Glee’ e ‘American Horror Story’, a estrear na Netflix, nesta sexta-feira (27).

E ele está certo. O protagonista Payton Hobart, interpretado por Ben Platt, é a personificação do homem que não foi criado para perder: herdeiro de uma família rica e tradicional, estudante modelo, rodeado de privilégios, o tipo que veste grifes como Ralph Lauren e Gucci. Aparentemente, ele é o sonho americano.

Mas Payton quer abocanhar um pedaço ainda maior desta maçã: sonha em ser presidente dos Estados Unidos. Só que primeiro precisará ganhar a eleição do grêmio estudantil de sua escola, a Saint Sebastian High School. Bom, e como ganhar a simpatia da maioria não é o seu forte, ele escolhe se aliar a Infinity Jackson, uma estudante com câncer, sorriso meigo e uma avó extremamente ambiciosa – interpretada por Jessica Lange – para ser vice da chapa.

Divulgação/Netflix

Entre promessas, panfletos, apertos de mão, promessas, abraços e mais promessas, tem um sangue básico, trapaça e drama adolescente bem conhecidos de Ryan Murphy. ‘The Politician’ usa sátira e frivolidade para mostrar “o que é preciso para se fazer um político”. A série estreia justamente em um momento político inflamável e… Certeiro? Os protagonistas Ben Platt e Zoey Deutch acreditam que sim. A dupla esteve em São Paulo no dia 12 de Setembro para promover a série e bater um papo com jornalistas.

Zoey Deutch e Ben Platt no lançamento de ‘The Politician’, em São Paulo. Foto: Helena Yoshioka/Netflix

“Acho que é particularmente importante o fato de serem pessoas jovens conversando sobre [assuntos pesados]”, explicou o ator, referindo-se a temas como depressão, sexualidade e bullying, abordados na produção. “Os jovens estão mais engajados”, afirma, “deveríamos focar nisso e tentar envolver mais pessoas”.

“Quando adolescentes se veem representados como pessoas complexas, com sentimentos válidos, personalidades complicadas, emoções complexas – e o Ryan [Murphy] leva isso muito a sério – eles realmente se engajam e se identificam com os personagens. E acho que esse é o momento, principalmente nos Estados Unidos, onde nossa situação política excedeu o campo político e se tornou muito mais sobre direitos humanos, o que significa ser uma boa pessoa”, explica.

Seu personagem, Payton, acaba trombando com as armadilhas da politicagem e se vê numa encruzilhada com questões morais. É ali onde o ‘certo’ e o ‘errado’ ganham nuances traiçoeiros.

Os atores acreditam que a série vem no momento desconfortável certo: “ter uma série [que retrate assuntos complexos de forma] digerível, engraçada e que entusiasma os jovens é o jeito perfeito de engajá-los sem que sintam ouvindo um sermão”, acrescenta Platt.

É como Deutch explica: “o humor conecta as pessoas: se você ri disso, pode falar sobre isso. Acho que é por isso que muitas vezes, quando passamos por um momento político turbulento, nós nos voltamos aos comediantes para nos explicarem o que está acontecendo”.

Divulgação/Netflix

‘The Politician’ tem oito episódios e é uma criação de Ryan Murphy, Brad Falchuk e Ian Brennan. No elenco estão Jessica Lange, Gwyneth Paltrow, Lucy Boynton, Julia Schlaepfer, Laura Dreyfuss, Rahne Jones, Theo Germaine e Bob Balaban.

Não seria Ryan Murphy se ‘The Politician’ não tivesse uma trilha sonora DAQUELAS. Então confira algumas músicas da série para se apaixonar:

Fechar X
Sem mais artigos