Footlights, nunca antes publicado, não é apenas o único romance em prosa escrito por Charles Chaplin. É também a história que deu origem a Luzes da Ribalta, clássico do cinema que acompanha as desventuras do palhaço bêbado Calvero e da bailarina cega Thereza (Claire Bloom). Pois bem. Depois de mais de 60 anos, o romance será publicado pela primeira vez, de acordo com o jornal britânico The Guardian.

Os manuscritos e papéis datilografados da história sempre estiveram nos arquivos de Chaplin, mas só agora o biógrafo do artista, David Robinson, reuniu e ordenou os papéis. O resultado será publicado pelo instituto de restauração italiano Cineteca di Bologna, responsável por digitalizar os arquivos de Chaplin para a família dele.

“É a história de um comediante que perdeu seu público, por um comediante que na época perdeu sua audiência, que era chamado pela imprensa de ‘ex-comediante’, um ‘ex-cineasta de sucesso”, explicou Cecilia Cenciarelli, codiretora do projeto da Cineteca.

O romance, de acordo com Cenciarelli, mostra os acontecimentos anteriores a Luzes da Ribalta e explica por que Calvero é tão desencantado com sua carreira e por que ele tem pesadelos constantemente.

O livro será disponibilizado por meio do site da Cineteca de Bologna e da loja virtual Amazon.

Fechar X
Sem mais artigos