A cidade de Florença, na Itália, decretou que agora é proibido comer nas ruas do centro histórico. Para quem desrespeitar a lei pode haver multa que vai de 150 a 500 euros (aproximadamente de R$ 715 a R$2.383).

O site Insider informou que entre 12h e 15h e 18h e 22h é proibido fazer qualquer tipo de refeição, mesmo que lanches, nas ruas Via de’ Neri, Via della Ninna, Piazzale degli Uffizi e Piazza del Grano, todas próximas a Galeria Uffizi e o Palazzo Vecchio.

Dario Nardella, prefeito da cidade, disse no Facebook que a “medida não é punitiva. É para desencorajar locais e turistas a comerem em escadas de igrejas, deixarem lixo espalhado e também evitar aglomeração”. Restaurantes e sorveterias famosos ficam concentrados nesta região e, sem quantidade suficiente de mesas, os turistas acabam comprando e fazendo a refeição na rua mesmo. De acordo com as autoridades locais, isto causa concentração de pessoas atrapalhando a movimentação na área.

“Se os turistas se comportarem aqui como se comportam em suas casas serão sempre bem-vindos, especialmente para provarem da nossa culinária”, escreveu o prefeito.

Apesar de parecer polêmica, a iniciativa foi bem vista pela população local. Os jornais italianos elogiaram a medida dizendo que esperam um pouco mais de “decoro” no dia a dia da cidade.

Fechar X