O bunker de St. Pauli, localizado no coração de Hamburgo, na Alemanha, deverá virar um hotel de luxo em 2021, com direito a um jardim no terraço, 136 quartos, bar e restaurante. Apesar de ser um projeto suntuoso, operado pela empresa NH Hotel Group, o passado do local não tem glamour nenhum.

O prédio foi uma das duas torres construídas pela defesa aérea nazista durante a Segunda Guerra Mundial, a fim de proteger os residentes de Hamburgo contra ataques aéreos, segundo aponta a revista Forbes. Erguido em 300 dias por mais de mil operários vindos de campos de concentração, o local também foi usado para atacar aviões dos Aliados.

Segundo o veículo, o novo projeto contará com cinco andares e, no terraço, os designers pretendem criar um jardim onde ficará um memorial em homenagem às vítimas do holocausto. O plano é que o espaço contemple eventos culturais, exposições e um hall destinado a eventos esportivos e de entretenimento.

O gerente do projeto, Paul Hahnert, explicou que era crucial estar atento à história do bunker e tratá-la com responsabilidade. “Este é um projeto extraordinário que mostra a individualidade do design da NHow: respeita a história ao mesmo tempo que aponta para um futuro promissor”.

Fechar X
Sem mais artigos