A inglesa Rachel Duffy, de 40 anos, disse que um atendente de voo pediu que ela parasse de amamentar o filho de 7 meses durante a decolagem e pouso do avião.

Ela contou que a família voltava de Faro, em Portugal, para Manchester, na Inglaterra, quando o atendente se aproximou e disse que o avião não decolaria enquanto ela não parasse de dar o peito à criança.

“Eu fiquei frustrada porque tinha amamentado meu filho no voo de ida e ninguém falou nada. O atendente ficou parado esperando eu fechar o botão do vestido enquanto meu filho chorava para ter certeza que não voltaria a dar o peito”, disse ao site Metro.

Rachel comentou que havia lido que amamentar durante o pouso e a decolagem é uma boa tática para evitar que a criança tenha dores de ouvido após a viagem. “Eu dei o peito durante o voo, mas na hora do pouso pediram para parar novamente”, relembrou.

Em nota, a companhia lowcost Ryanair não deu detalhes sobre o episódio, apenas comentou: “mães que amamentam seus bebês são muito bem-vindas a bordo dos nossos voos”.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos