Komodo, famosa ilha da Indonésia conhecida por ser o lar de mais de 1,8 mil dragões-de-komodo, foi fechada ao público neste mês e só voltará a receber visitantes daqui a um ano. Inacreditavelmente, o motivo é que turistas estão roubando estes animais.

Recentemente, o Ministério do Meio Ambiente local encontrou 41 dragões da ilha sendo vendidos no mercado negro por US$ 35 mil (aproximadamente R$ 134,8 mil) cada.

Os dragões-de-komodo são os maiores lagartos do mundo e podem chegar a pesar 90kg. Pela raridade, são uma espécie protegida: existem apenas 6 mil deles na Indonésia.

Fechar X
Fechar X