Segundo o site Insider, três mil passageiros de um cruzeiro na Austrália tiveram suas tarifas ressarcidas porque, durante a viagem, o navio teria sido transformado em uma imensa festa de despedida de solteiro organizada por um grupo de 1,3 mil homens a bordo.

Os homens viajavam juntos a trabalho para participar de uma conferência de uma companhia de teconologia indiana que aconteceria no navio. Mas, segundo os outros passageiros, ninguém teria comparecido ao compromisso profissional.

“Foi uma loucura, tinham dançarinas por todo o navio. Não dava para usar a piscina, tinha festa o tempo todo em todos os lugares. A companhia devia ter avisado antes porque pensávamos que era um ambiente familiar e tivemos que ficar nas nossas cabines”, disse um dos passageiros.

A Royal Caribbean International divoulgou nota dzendo que recebeu reclamações do comportamento de parte dos passageiros. “Demos uma solução rápida ao problema. Nós trabalhamos com a segurança dos viajantes e dos tripulantes como prioridade”, disse.

Fechar X