Nesta segunda-feira (21), uma mala explodiu enquanto estava sendo transportada para um avião da companhia Volaris, no Airoporto Internacional Midway, em Chicago, causando medo entre passageiros. As autoridades descartaram um possível atentado terrorista e chegaram até a suspeitar que o carregador ou a bateria de um celular tivesse ocasionado o acidente. Contudo, felizmente o motivo foi bem menos assustador.

O caso ocorreu por volta das 12h20, horário local. A polícia foi encaminhada para a área e durante a tarde emitiu um comunicado no Twitter afirmando que “não há uma ameaça à segurança pública”.

Anthony Guglielmi, porta-voz da polícia de Chicago, publicou em sua rede social que “a mala foi possivelmente afetada pela bateria ou carregador de um celular”. Contudo, em seguida confirmou que a causa oficial da explosão foi bem mais simples: “as investigações revelaram que um carro de bagagem passou por cima da mala. Não houve combustão ou explosão”.

Fechar X
Sem mais artigos