Mo, a estrela do zoológico

O que começou como xerifes cuidando de patos na rua se tornou uma iniciativa para ajudar animais abandonados e detentos em uma prisão na cidade de Key West, na Flórida.

O Centro de Detenção do condado de Monroe, nos Estados Unidos, acabou criando um programa acidentalmente. Tudo começou quando xerifes começaram a cuidar de patos que atravessam a rua perto do lago ao lado do centro, para evitar que fossem atropelados, contou a xerife Jeanne Selander.

“As pessoas começaram a ligar porque ouviram que estávamos cuidando de animais, e elas começaram ou a deixar ‘pacotes’ aqui ou a perguntar se aceitaríamos entregas”, disse Jeanne.

Começaram com apenas 20 animais, e só 12 visitantes na primeira vez que abriram o local para visitas. Hoje, já tem 150 animais, e centenas de visitantes de uma vez só. As visitas ocorrem duas vezes no mês. O zoológico é mantido através apenas de doações e com a ajuda de 4 detentos por vez. É o trabalho mais cobiçado do centro de detenção!

“Já vi muitas mudanças de personalidades incríveis. Alguns detentos chegam e são muito fechados, e estão nervosos, não sabem bem o que fazer”, comentou a xerife. “Alguns deles têm histórias incríveis, e os vemos interagindo com os animais, e animais amam incondicionalmente”.

“Animais podem mudar as pessoas, eu realmente acredito nisso”.

O que não falta é diversidade de animais nesse zoológico: 

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos