Passageiros de um voo que ia de Bangkok, na Tailândia, para Moscou, na Rússia, amarraram um homem que causava problemas na aeronave.

Segundo o site Daily Mail, o jovem de 26 anos estava visivelmente bêbado e gritava e xingava os passageiros ao redor. A tripulação não conseguiu acalmá-lo e o piloto anunciou que faria um pouso de emergência para que ele desembarcasse. Para evitar a parada forçada, parte dos 158 passageiros a bordo se uniram e imobilizaram o homem usando fitas e cintos.

Ainda de acordo com o site, o homem ficou cerca de quatro horas amarrado até que o voo pousasse na Rússia. A polícia resgatou o tailandês do avião e o levou para o hospital.

“Durante o tempo que ficou amarrado, ele foi observado de perto por um membro da tripulação e um médico que estava no avião. Por isso, o voo não sofreu atrasos”, disse um porta-voz da companhia aérea S7.

A iniciativa dos passageiros tem causado discussões. De um lado, há quem concorde com a atitude de amarrar o homem e evitar o pouso de emergência. Por outro lado, alguns criticam a forma como o jovem foi contido, que este tipo de atitude foge dos padrões nesse tipo de situação e que a tripulação é quem é de fato responsável em manter todos sob controle.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos