Reprodução/Redfin

A casa no bairro de Los Feliz, em Los Angeles, que foi palco de um dos crimes brutais da seita de Charles Manson, está sendo colocada mais uma vez à venda. Seu atual dono a comprou em Julho do ano passado, mas mudou de ideia após passar um tempo na residência.

Em Agosto de 1969, os então proprietários Leno e Rosemary LaBianca foram assassinados no local por seguidores de Manson. Ela foi esfaqueada 41 vezes e o marido 12. O crime ocorreu um dia após o grupo matar Sharon Tate e outros quatro amigos da atriz.

Atualmente, a casa pertence a Zack Bagans. Ele contou ao veículo que a comprou para a produção de um filme, mas decidiu colocá-la à venda porque não via mais sentido em realizar o projeto em um local tão trágico, então cancelou as filmagens “em respeito à família LaBianca”.

A propriedade possui 148 m², dois quartos, dois banheiros e uma piscina. Ela está sendo vendida por por US$ 2,2 milhões, mais de R$ 11 milhões.

Sem mais artigos