A organização fundamentalista islâmica, Al-Qaeda, acaba de lançar uma revista feminina de moda e beleza. Oi? Tá, na verdade é moda, beleza e “dicas de ataques suicidas”. Segundo o jornal Mail Online a publicação fala da importância de se casar com um homem envolvido na Guerra Santa e preparar os filhos para serem futuros guerrilheiros.

O nome da revista, Jihad Cosmo, faz referência à própria guerra santa (Jihad) e à famosa revista de lifestyle Cosmopolitan. Resumidamente, foi uma forma que a Al-Qaeda encontrou de “educar as mulheres e envolvê-las na guerra contra os inimigos do Islã” – diz o próprio editorial – usando como disfarce dicas de moda, beleza, cuidados com a pele no sol e regras de etiqueta.

A publicação traz entrevistas exclusivas com mulheres de homens-bombas que se suicidaram, enfatizando nos textos um apoio e orgulho ao ato. É uma espécie de propaganda e incentivo aos islâmicos, para que dêem a vida pela causa muçulmana.

A Redação do Virgula ficou um tanto quanto curiosa quanto à empreitada de “moda e beleza” e gostaria de folhear as páginas da Jihad Cosmo. Descola uma, Al-Qaeda?

Sem mais artigos