ano

Crédito: Reprodução

Uma fantasia de “esqueleto sexy” que anda circulando pela web mostra uma mulher medindo a cintura e o pior, recebeu o nome de Anna Rexia. Deu pra entender o trocadilho infeliz, né? Por isso a norte-americana Jessi Davin, que sofre de anorexia, resolveu postar em seu Tumblr uma resposta para este tipo de brincadeira sem graça.

“Pensa que anorexia é engraçado? Desculpe. Eu sou uma sobrevivente e não acho nada engraçadinho. Quer se vestir como uma anoréxica? É disso que você precisa”, afirmou Jessi que compartilhou uma lista de complicações que a doença traz.

4 anos hospitalizada;
Um tubo naso-gástrico porque você passou tanta fome que seu corpo nem sabe mais que comida é algo bom e tenta atacá-la;
Síndromes que podem te matar;
Dificuldades emocionais que duram anos;
Um pai chorando e implorando para que você busque ajuda;
Uma mãe que chora toda vez que te vê porque você parece e tem cheiro de morte;
Feriados perdidos, aniversários chorando em um hospital;
Problemas em quase todos os principais órgãos do corpo;
Uma cadeira de banho – porque você não consegue ficar de pé no chuveiro porque você está fraca demais e o banho quente faz você desmaiar;
Uma cadeira de rodas – porque você está fraca demais para andar e isso poderia te causar uma parada cardíaca;
Uma vida de medicamentos para ansiedade e problemas de saúde que a ‘Anna Rexia’ provocou;
Muito dinheiro gasto em viagens à emergência devido à ‘Anna Rexia’ mesmo depois da recuperação;

“Eu quase morri disso. Eu sei que deveria ser engraçado e tudo mais, eu entendo, mas sério. Isso não é engraçado. Anorexia não é algo para se fazer piada sobre, é algo mortal e não deveria ser usado para nomear uma fantasia”

“Quer ir vestido de Anna Rexia? Vá de vampiro ou de zumbi. Porque 1/3 de nós está morto”, completou.

Sem mais artigos