A cantora Amy Winehouse, que morreu há quase um ano – 23 de julho do ano passado – aparece em uma campanha publicitária polêmica do jornal chileno El Mostrador. A campanha é composta por imagens de figuras públicas falecidas enterrando outras personalidades (ainda vivas), sob slogan “Notícias mudam rápido”.

Muamar Kadafi enterra o egípcio Hosni Mubarak, na campanha do El Mostrador

Nas imagens, a britânica Amy Winehouse com uma pá nas mãos enterra seus conterrâneos príncipe William e Kate Middleton; o líder líbio Muamar Kadafi, encontrado morto em 20 de outubro de 2011,  enterra o egípcio Hosni Mubarak.

Em outra, o cofundador da Apple Steve Jobs, morto em 5 de outubro de 2011, enterra Julian Assange, do site WikiLeaks.

 Steve Jobs e Julian Assange também ilustram a campanha do El Mostrador

Sem mais artigos