ilustra

Crédito: Reprodução

A escritora Leah Hayes encontrou um jeito de expressar as dificuldades da experiência de um aborto através de ilustrações no livro Not Funny Ha-Ha: A Handbook for Something Hard (“Não é Engraçado Ha-Ha: Manual para Algo Difícil”, em tradução livre).

“Eu senti que tinha algo a dizer sobre o que é abortar, e desenhar é a minha forma de contar essa história”

“A ideia do livro não é definir o que é certo ou errado, mas oferecer uma nova perspectiva sobre um tema tão sensível e ajudá-la a lidar com seus próprios sentimentos acerca dele”, afirmou a artista em entrevista ao BuzzFeed.

“A forma de o fazer [através de um livro ilustrado] pode ser pouco convencional, mas eu quis oferecer uma sensação de conforto e abertura, ao mesmo tempo que demonstrava o peso do assunto“, conta.

O livro mostra duas personagens fictícias, Mary, de 23 anos, e Lisa, de 31, com percursos de vida e escolhas diferentes, mas a vontade em comum de decidir sobre o próprio corpo.

“Not Funny Ha-Ha: A Handbook for Something Hard”, está à venda na Amazon.

Sem mais artigos