A boa aparência pode abrir muitas portas, certo? Bem, nem sempre. A beleza física pode até ajudar homens na vida dos negócios, mas quando se trata de mulheres atraentes, elas enfrentam uma verdadeira batalha para crescer profissionalmente independente da beleza, de acordo com estudo feito pela Harvard Business School.

Para entender o caso, os pesquisadores recrutaram 60 investidores experientes para analisar 90 fechamentos de negócios feitos por pessoas de diversos setores do ramo empresarial americano. Assim, os investidores analisaram os resultados de cada acordo e avaliaram o desempenho dos empresários.

No caso das mulheres, as que foram consideradas atraentes não eram, necessariamente, as mais eficazes; enquanto os homens com boa aparência foram avaliados como os melhores negociadores.

“Identificamos uma lacuna profunda e consistente no empreendedorismo. Homens atraentes são persuasivos, enquanto a atração física não faz diferença entre as mulheres”, disse Alisson Brooks, da Harvard Business School em entrevista ao Daily Mail.

Sem mais artigos