Em meio ao isolamento social ocasionado pelo coronavírus, aparece um motivo para sorrir. O carteiro inglês Jon Matson decidiu trabalhar fantasiado durante a quarentena para tentar levar um pouco de alegria às pessoas. E está funcionando.

“Enquanto esse vírus assusta o mundo, eu ainda tenho que trabalhar e entregar correspondências. Hoje fiz isso no meu estilo e fiz algumas pessoas sorrirem. Esse era o grande objetivo”, contou o profissional de 39 anos, pai de dois filhos, em sua conta do Instagram.

Matson trabalha para o Royal Mail, o serviço postal do Reino Unido, há quatro anos, de acordo com a BBC. Ele explicou ao veículo que recebeu a permissão para fazer as entregas fantasiado desde que utilizasse o crachá de identificação e os sapatos da organização.

Ao jornal Sunderland Echo, Matson completou: “todos possuem incertezas atualmente e você é a única pessoa fora da família que eles veem, então por que não dar um motivo para sorrirem?”

Sem mais artigos