Ao ver a foto de casamento de Alina Davis e Alison Brooks (que por sinal, são parecidíssimas e poderiam até passar por irmãs gêmeas) você nunca suspeitaria que ele aconteceu na Rússia, aquele país em que os homossexuais não têm muito espaço e que o casamento entre pessoas do mesmo sexo é proibido. Você deve estar se perguntando “Então como esse casamento aconteceu?”, não é? O que acontece é que Alina, na verdade, é um homem, cujo verdadeiro nome (que é o que está em seus documentos) é Dmitry Zozhukhov.

Married-couple-man-and-woman-look-like-twins

Preferindo ser chamado como Alina, Davis afirma não se identificar nem com o gênero masculino e nem com o feminino (apesar de ter aparência e se vestir como uma mulher), preferindo se definir como andrógino. Como o casamento realizado, no fim das contas, acabou sendo entre um homem e uma mulher, eles não tiveram nenhum problema legal: “Embora esperássemos uma denúncia, eles não fizeram nada”, afirma Alina.

Apesar disso, o registro recomendava que na cerimônia, que foi realizada em Moscou, não aparecessem ambas de vestido, mas elas fizeram isso mesmo assim. O traje branco idêntico ressaltou ainda mais as suas semelhanças, que vão desde o formato do rosto até o corte de cabelo. Super felizes, elas planejam ter não apenas um, mas pelo menos dois filhos juntos, pelo que conta Alison.

037086-339d9cb2-28d6-11e4-aaf4-d11cdeb5504d

 

Sem mais artigos