Imagine a multidão de turistas perdidos e decepcionados após o sumiço de uma das obras mais icônicas de Paris, na França – depois da Torre Eiffel, claro. A pirâmide de vidro do arquiteto I. M. Pei é um marco à frente do Museu do Louvre desde 1989, ponto turístico obrigatório para quem está de passagem pela capital francesa. As coisas mudaram um pouco nessa última semana, graças ao trabalho do artista francês JR, que fez a estrutura de vidro desaparecer completamente da entrada do Louvre.

Será que os visitantes ficaram confusos? Sem dúvida alguma! JR não deu um fim na pirâmide, de verdade. Com a colagem de uma gigantesca fotografia antiga da fachada do museu, sobre a estrutura de vidro da pirâmide, o artista conseguiu criar uma ilusão de ótica incrível, capaz de enganar o mais atento dos visitantes.

“Centenas de turistas param em frente à pirâmide para tirar selfies, todos os dias. Quis dificultar isso com a ilusão da fachada do museu para que eles realmente observem a obra e procurem pelo melhor ângulo na hora de tirar a foto”, explica JR. A criação ficará no Louvre até 27 de junho.

Veja mais fotos dessa façanha aqui:

Sem mais artigos