Uma palavra tem se sobressaltado em meio à pandemia do coronavírus: comunhão. Diversas pessoas ao redor do mundo têm se mobilizado para realizarem atividades em “conjunto”, seja online ou com uma distância considerável entre si, a fim de ocupar o tempo durante a quarentena.

Na cidade de Chester, na Inglaterra, uma instrutora fitness, acostumada a atender idosos, atualmente está fazendo sua rua inteira se mexer. Desde o decreto da quarentena, Janet Woodcock dá aulas de dança todas as manhãs para seus vizinhos.

Respeitando as regras de segurança, cada morador realiza a aula em frente à própria casa. Segundo o jornal Metro UK, como o bairro é formado majoritariamente por idosos, eles não podem ir muito longe para se exercitar, então as sessões com Janet têm se tornado um evento esperado.

A professora explica que não é especialista em dança, mas fez as aulas para as pessoas se divertirem. “Ensino exercícios físicos para pessoas idosas, então tenho uma boa ideia do que funciona”, disse.

“Nunca esperei uma resposta tão boa, os moradores realmente abraçaram as aulas. Alguns dizem que é o ponto alto do dia. Acho que as pessoas precisam desesperadamente de algo animador no momento”, afirmou a professora.

Para quem está procurando uma forma de se exercitar duranta a quarentena, fica a dica de Janet: “comece com música! O que fizer seu coração cantar! Só comece, você não precisa ser bom. É como você se sente, não sobre aparência”.

Sem mais artigos