A smartphone user shows the Facebook application on his phone in Zenica, in this photo illustration

Crédito: Reprodução

Você já deu uma conferida no inbox do seu Facebook? Imagina receber por lá uma papelada de divórcio. Parece brincadeira, mas um tribunal de Justiça de Nova York autorizou que uma enfermeira enviasse os papéis de divórcio ao futuro ex-marido por mensagens privadas do Face.

A decisão foi emitida pelo juiz Matthew Cooper, da Suprema Corte de Justiça de Manhattan. O caso foi considerado uma exceção porque o marido da enfermeira estava sendo procurado há mais de 3 semanas e nada dele aparecer.

Como o homem não tem emprego fixo, carteira de motorista e nem endereço fixo, o juiz autorizou mandar o divórcio por inbox, já que esse era o único meio que o antigo casal ainda mantinha contato.

Como diria minha avó, são os tempos modernos!

Sem mais artigos