Quem fala o que quer, ouve o que não quer, certo? A atriz Ellen Page não ficou calada ao receber críticas de um pastor que lhe mandou mensagens por meio do Twitter sobre sua orientação sexual.

Cheia de ironia, ela fez questão de responder o pastor.

“Ao pastor que me escreveu dizendo que ser gay não é de Deus, minha alma não está sofrendo e eu não quero os braços Dele me envolvendo. Os braços de uma garota? Eu quero”, escreveu a atriz no microblog.

A atriz não mostrou a mensagem que recebeu, mas não tinha como ser mais clara em seu conteúdo.

Para quem não se lembra, Ellen saiu do armário em um discurso emocionante durante a conferência Time To Thrive da Human Rights Campaing, em fevereiro deste ano.

Sem mais artigos