Palestino Jihad subiu por cinco dias seguidos na janela de hospital para ver a mãe

O palestino Jihad Al-Suwaiti emocionou o mundo com a sua história de devoção à sua mãe, que ficou internada por dias em um hospital na Cisjordânia e acabou falecendo, vítima de câncer.

Rasmi Suwait também tinha contraído a Covid-19 e não aguentou a enfermidade. Sem poder entrar no quarto, o filho escalou a janela do hospital por cinco dias seguidos para poder ver a querida mãe.

“Ele subia se agarrando a um cano para poder ver a mãe. Ela estava internada no segundo andar”, disse um porta-voz do hospital ao tabloide britânico The Mirror.

A história de Jihad comoveu muitas pessoas no país e se espalhou pelas redes sociais do mundo. O palestino ganhou até uma charge, retratando a situação pela qual passou.

“Ele passava a maior parte do tempo lá na janela, observando as condições da mãe. Ele só descia da janela quando tinha a certeza de que ela havia adormecido”, contou o porta-voz.

Sem mais artigos