(ANSA) – A popular série de desenhos animados "Os Simpsons" gerou uma polêmica na Grã-Bretanha após, em um novo episódio, Homer acusar seus vizinhos muçulmanos de serem terroristas.

Em um capítulo da nova temporada da série, o pai da família norte-americana está convencido de que seus vizinhos provenientes do Oriente Médio planejam explodir um centro comercial de Springfield.

Homer descobre mais tarde que Amid, o chefe da família muçulmana em questão, trabalha para uma companhia de demolição.

Quando ele convida a família vizinha para um jantar, demonstra sua ignorância em relação ao Islã, chamando Alá de "Oliver" e Alcorão de "A Coroa".

Um porta-voz do Centro Cultural Islâmico e da Mesquita Central de Londres acusou o programa de incentivar o preconceito contra o islã. "Esperamos que os muçulmanos não assistam à esta série", disse uma das fontes ao tablóide inglês Daily Star.

Por sua parte, o criador de "Os Simpsons", Matt Groening, defendeu a linha argumentativa do novo episódio e disse que os desenhos "trabalham com estereótipos" e "nós tratamos de ser sensíveis a respeito".

Novo discador V2. Navegue pela Internet e ganhe grana!

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está há um clique daqui!

A enciclopédia do porquê. Aqui você começa com uma dúvida e termina com
várias. Clique.

Sem mais artigos