O escritor Millôr Fernandes faleceu nesta terça-feira, aos 87 anos, vítima de falência múltipla dos órgãos. Segundo informações do filho dele, Ivan Fernandes, ele estava em sua residência em Ipanema, no Rio de Janeiro, quando sofreu uma parada cardíaca e não resistiu.

No ano passado, ele esteve internado na Casa de Saúde São José, mas o motivo de sua internação não foi divulgado por sua assessoria na ocasião a pedido da família. O velório está marcado para acontecer nesta quina-feira, das 10h às 15h, no Cemitério Memorial do Carmo, onde será cremado em seguida.

O jornalista, desenhista e dramaturgo começou sua trajetória profissional aos 14 anos, na revista O Cruzeiro. Nos anos 60, ele se consagrou como um dos fundadores do jornal O Pasquim. E foi ele quem se tornou o principal tradutor das obras de William Shakespeare no Brasil.

Millôr Fernandes tinha um site pessoal atualmente, em que escrevia seus textos fantásticos de humor e suas famosas charges.

Sem mais artigos