Ela perdeu peso após ser abusada em viagem com a mãe

Ela era adolescente quando foi abusada sexualmente por um homem mais velho, durante viagem de férias com a mãe. A dinamarquesa Mathilde Jenser, hoje aos 20 anos, contou como quase morreu após o trauma que a fez desenvolver depressão e anorexia. A entrevista foi divulgada pelo Daily Mail

Depois do abuso, Mathilde começou a se afastar dos amigos e familiares, perdeu peso – foi de 45kg para apenas 30kg – e adotou uma dieta radical que incluía apenas frutas e legumes. Mathilde foi levada ao hospital diversas vezes entre 2012 e 2016 para tratar o distúrbio alimentar, mas foram anos até a jovem encontrar uma motivação para sair do “buraco” em que estava vivendo.

A chegada dos 18 anos foi o momento de mudança para Mathilde. Ela concluiu que jamais conseguiria se formar caso continuasse com um peso tão baixo. “Eu entendi que a vida ‘real’ estava para começar e que eu poderia escolher viver e criar meu próprio futuro ou escolher continuar com anorexia que eu sabia que um dia iria me matar”, contou.

Mathilde começou a praticar pole dancing, passou a se alimentar de forma balanceada e voltou a ter contato com amigos. “Na maior parte do tempo eu me sinto bem em relação ao meu corpo. Em alguns momentos minha autoestima cai e fico insegura” disse ela. “Não importa o quanto as pessoas tentem te convencer que você precisa melhorar, porque no final é a sua decisão que conta, tem que vir de você”, acrescentou ela sobre como conseguiu superar a doença.

Sem mais artigos