textao

 

Não é só no Brasil que o Facebook se tornou um verdadeiro palanque de debates políticos e textões sobre opiniões em relação a praticamente tudo o que acontece nesse universo, mesmo que a maioria não entende muito sobre ele.

Mas na rede social, amigo, todo mundo é cientista político desde criancinha.

O problema é que ninguém liga.

Segundo um estudo feito pela Rantic Media, órgão especializado em redes sociais, somente um número muito pequeno de pessoas realmente leva as opiniões contidas nesses discursos em consideração.

A pesquisa foi feita nos Estados Unidos com 10 mil pessoas que responderam uma pergunta básica: textões no Facebook influenciaram suas visões de qualquer maneira? 94% dos simpatizantes ao Partido Republicano e 92% dos Democratas disseram “não”.

O que mais costuma acontecer é o fim da amizade na rede social, especialmente entre republicanos. Os democratas parecem mais benevolentes, já que 82% disse sentir-se apto a esquecer as discordâncias e retomar a relação amistosa.

Mesmo assim, o estudo mostra que as pessoas não ligam muito para isso e continuam publicando suas opiniões mesmo que sejam rejeitadas pela maioria dos conectados com elas na rede social.

Então tá, né.

Sem mais artigos