Bem, dá para sentir literalmente na pele que a quantidade de turistas no país aumentou por causa da Copa do Mundo. Daí que o Facebook, esperto que só, criou um gráfico para mostrar toda a movimentação e os países dos quais essas pessoas estão saindo e as cidades brasileiras que elas têm ido. 

Para a coisa ficar ainda mais legal, eles fizeram uma versão animada do gráfico. É possível ver, por exemplo, que as cidades mais visitadas são as que possuem estádios da Copa: São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, com circunferência maior, e maior número de check-ins.

Entre os usuários da rede social, os homens são maioria entre os turistas que vieram ver o Mundial: 68%. Já as mulheres representam 32% dos visitantes. Já no quesito idade, a faixa etária entre 25 e 34 anos predominou, seguida por jovens de 18 a 24 anos.

Os turistas dos Estados Unidos estão marcando bastante presença nesta Copa do Mundo, e fazem justiça à fama de que os norte-americanos têm de ser maioria em eventos esportivos mundiais. 

Os norte-americanos do Facebook são acompanhados por uma enorme quantidade de torcedores latino-americanos, que não poderiam ficar de fora da primeira Copa em solo sul-americano em 36 anos.

Entre as cidades que mais “exportaram” turistas, estão a colombiana “Bogotá”, a mexicana “Cidade do México”, a chilena “Santiago” e a argentina “Buenos Aires”, todas cidades do continente americano.

Dê o play abaixo e veja o gráfico “em ação”: 

Sem mais artigos