Hétero homofóbico adora fazer uma mimimizada soltando aquelas pérolas do tipo “pela família brasileira”, “Deus não criou Adão e Ivo”, “a sociedade vai ser extinta” e “até tenho amigos que são gays”. A necessidade de se afirmar é tanta que no Rio de Janeiro, eles resolveram fazer a Marcha do Orgulho Hétero no último domingo (30). O Brasil é um país livre e cada um faz o que quiser, mas se a intenção deles era mostrar que ser homofóbico é bacana (ou será que eles se sentem suuuper oprimidos pela ditadura gayzista que está se instalando?), eles se deram é muito mal, pois a caminhada conseguiu juntar apenas cerca de 20 pessoas (que devem estar com um recalque e tanto da Parada Gay, né?).

Marcha do Orgulho Hétero

Marcha do Orgulho Hétero

As pessoas que insistiram no movimento se encontraram na orla da Zona Sul da cidade e caminharam em direção ao Arpoador segurando cartazes com mais dessas ~lições de sabedoria~ como “Héteros unidos jamais serão extintos”, “Homem é homem”, “Mulher é mulher”. Pelo menos o flop da marcha serviu pra nos dar um pouquinho de esperança de que a humanidade tem jeito e que as pessoas estão começando a deixar o preconceito de lado.

Marcha do Orgulho Hétero no Rio de Janeiro

Marcha do Orgulho Hétero no Rio de Janeiro

Sem mais artigos