O fisiculturista Jim Morris, de 78 anos, é ícone de boa forma, saúde e ativismo. Ele posou, na época com 77 anos, como a icônica estátua “O Pensador” para a campanha “Pense antes de comer”, do PETA, contra o consumo de carne. A campanha encoraja as pessoas a se tornarem vegetarianos e assim reduzirem o risco de obesidade, doenças do coração, câncer, diabetes e derrames.

Jim conta que a saúde dele melhorou depois que se tornou vegano e parou de comer qualquer tipo de carne e derivados de leite. Isso foi depois que se aposentou do fisiculturismo competitivo, em 1985. “A carne e produtos derivados de leite são cheios de gordura e química e mais prejudicam do que ajudam no funcionamento do corpo˜, contou ele em entrevista ao PETA.

“Quando eu competia tive vários problemas digestivos. Era constipado e isso me fazia infeliz o tempo todo. Certamente eu não estaria aqui, ainda mais do jeito que estou, se eu continuasse comendo e seguindo a dieta que mantive anos todos atrás˜, completou Jim.

Depois de mudar os hábitos alimenares e de excluir a carne da sua rotina, ele garante que se sentiu melhor e encoraja outras pessoas a adotarem o modo de vida vegano. “Quem sabe, dessa forma, as pessoas se sintam tão bem quanto eu”.

Jim vai além e declara que “leite é para bebês. Humanos são as únicas criaturas que continuam a tomar leite depois que ficam adultos. acho que um monte de pessoas não imaginam que podem para de ingerir leite e todos os produtos vindos dele”.

Veja uma entrevista (em inglês) com o fisiculturista: 

 

 

Sem mais artigos