Se eu não fosse mulher talvez nunca soubesse o quanto nós somos assediadas diariamente por homens na rua. Mas uma ação da ONG norte-americana Hollaback apostou em uma estratégia simples para que todos vejam o quanto esses “elogios” representam falta de respeito e abuso: documentar a vida real. 

Vestida com jeans e camiseta preta, uma modelo foi orientada pela ONG a caminhar pelas ruas de Nova York. Uma câmera escondida gravou as reações das pessoas. Ao longo de dez horas, a mulher foi abordada mais de cem vezes (Isso mesmo! 100 VEZES) com cantadas e insinuações sexuais. Teve um homem que chegou a caminhar ao lado dela por cinco minutos.

O Vídeo está rolando na internet desde terça-feira (28) e já conta com mais de 1 milhão de visualizações. O que vocês acham disso meninas? 

Dá uma olhada no vídeo: 

Sem mais artigos