A gente ficou em choque após saber que uma garota americana, que vestiu um vestido vermelho, de mangas compridas e renda (muito bonito, por sinal) em sua festa de formatura sofreu body-shaming (preconceito por causa de seu corpo) das autoridades da escola em que estuda, ganhando suspensão porque eles consideraram a roupa “reveladora demais“. Dá uma olhada na foto abaixo de Alexus Miller-Wigfall com eu par, e tire suas próprias conclusões a respeito do quão inadequado esse vestido seria.

vestido formatura

Você acha que isso é revelador demais? Mais do que as outras garotas costumam usar nesse tipo de festa? Não, né? A gente também não. Mas foi essa a desculpa que a Harrisburg High School, na Pennsylvania deu ao colocar a menina em suspensão alguns dias após o baile. De acordo com uma reportagem da PennLive, haviam garotas que cobrissem seus vestidos com xales, mas ninguém falou para Alexus no momento do baile que ela precisava cobrir seu vestido.

A mãe da garota, Alisha Sneed, afirmou que a escola nunca falou com ela sobre a suspensão e quando ela foi perguntar a razão, eles não atenderam e nem retornaram suas ligações: “Eu não podia acreditar nisso. Eu não vejo nada de errado com aquele vestido. O que eles queriam que ela usasse, gola alta?” Ela acredita que a razão por trás de tudo isso é o fato de sua filha estar acima do peso: “O problema não foi o vestido em si, mas sim o formato do corpo de Alexus”.

A própria garota falou que ouviu a frase  “Você tem mais peitos que as outras garotas. Elas tem menos a mostrar”, o que parece comprovar que o problema não era tanto assim do vestido. Após ela e sua mãe contestarem muito a suspensão, ela foi revogada, o que é bom, mas não resolve o problema da humilhação e preconceito pelos quais Alexus passou, né?

Sem mais artigos