O Greenpeace lançou uma campanha atacando a Mattel, fabricante da Barbie. A ideia surgiu depois que a ONG descobriu que as embalagens da empresa são feitas a partir de  matéria-prima da Ásia Pulp and Paper, subsidiária do grupo Sinar Mas, o maior destruidor de florestas da Indonésia.

Várias ações tem sido feitas pelo mundo, para pressionar a empresa a trocar o fornecedor por um sustentável. No vídeo abaixo que faz parte da campanha, Ken, o eterno namorado da Barbie, termina o namoro após descobrir que ela é uma “desmatadora” de florestas.

Pobre Barbie, acabou levando a culpa… Assista abaixo:

Barbie, a devastadora de florestas

Para apoiar a campanha, basta entrar no site da ONG e enviar uma carta ao CEO da Mattel.


Sem mais artigos