proxyReprodução/ Twitter – Aaron Gillies

Aaron Gillies, um estadunidense que se define como roteirista de comédia e idiota das mídias sociais, tem uma mulher muito (mas muuuito) sensível às coisas da vida. Ele publicou uma brilhante lista, em seu Twitter, de coisas que fazem sua amada, Lex, chorar. Eis os itens:

Motivos pelos quais minha mulher chora:
– Ela descobriu que cisnes podem ser gays e achou que isso é bem legal

– Ela teve uma ressaca e viu a foto de um porquinho

– Eu esperei até escurecer e fingi ser o [personagem de filme de terror] Babadook

– O coelhinho peludo escapou da raposa ártica em um documentário

– Não há biscoitos em casa

– Ela se lembrou de que os cisnes podem ser gays

– Eu tentei segurar a mão de quando ela não esperava

– Eu fiz jantar para ela depois de um dia longo

– Ela viu um vídeo sobre um cachorro

Lex aprovou a publicação e está tranquila com o fato de chorar por qualquer coisa. O post de Aaron gerou respostas na rede social, com pessoas listando seus próprios motivos para chorar, como ver a foto de uma mulher feliz comendo uma melancia ou lembrar do espírito natalino. Lex comemorou: “Essas são minhas pessoas. SOMOS UMA LEGIÃO!”.

Sem mais artigos