Muitas mulheres sabem, como ninguém, o que é chegar em casa e começar uma nova jornada de trabalho, mesmo depois de um dia exaustivo e cheio de afazeres. Elas é que cuidam do jantar, da louça, da tarefa de casa das crianças, da faxina, da máquina de lavar, entre muitas outras tarefas que, em teoria, deveriam ser compartilhadas com o parceiro. Isso é o que aponta uma pesquisa de 2014 do Escritório de Estatísticas do Trabalho, segundo o Huffington Post. Os resultados mostraram algo que nós sabemos por experiência própria: mulheres gastam o dobro do tempo com tarefas domésticas em relação aos seus parceiros. Já chega de desculpa, né?

Podemos começar o guia de introdução às tarefas domésticas do cotidiano pela lavanderia, já que a máquina requer pouca experiência. Basta organizar o cesto de roupa suja do jeito certo, separar roupas coloridas, tomar cuidado com peças delicadas, misturar um pouco de sabão em pó, amaciante e voilà, tudo lindo e perfumado para os próximos dias. Se você ainda tem alguma dúvida de como dar o primeiro passo nesse mundo repleto de bolhas de sabão, eis aqui uma listinha simples com algumas dicas certeiras para fazer bonito:

1 – Antes de qualquer coisa, leia as instruções da etiqueta

Algumas roupas dever ser lavadas à mão. Outras, por sua vez, não suportam o calor da secadora. Cada tecido tem características e especificações únicas. Um deslize pode, infelizmente, acabar com a peça e deixar o seu grande amor bem furioso, pode acreditar. Por isso, o primeiro passo é entender se aquela roupa pode entrar na máquina mesmo, sem problemas. Se não, vá para o tanque pensar um pouco na vida – com a roupa e um pouco de sabão neutro.

2 – Sutiãs são especiais

Não, você não deve jogá-los na máquina com suas meias sujas, para começo de conversa. Alguns sutiãs são tão delicados que, com uma simples lavagem, elástico e alças podem partir dessa pruma melhor. A dica é lavá-los à mão, em água fria, ou arranjar um daqueles sacos de proteção na hora de jogar tudo na máquina. Assim, eles não se engancham em outras peças.

3 – Lingeries em geral

Normalmente, são peças delicadas que merecem uma lavagem caprichada no tanque. Se não rolar, a solução é colocar a máquina para rodar em um ciclo mais suave e, mais uma vez, aproveitar as sacolas de proteção.

4 – Roupas de banho

Você deve lavar essas peças sempre antes do uso – não importa se, na última vez, o biquíni fez curtiu uma temporada de praia ou de piscina. Tanto faz. O importante é lavar a roupa de banho à mão, com água fria e sabão neutro. Na pressa e no meio de uma viagem, por exemplo, você pode substituir o sabão por shampoo. Não é a mesma coisa, mas dá para o gasto!

5 – Calças jeans escuras

Todo mundo odeia calça desbotada, não tem jeito. O problema não é misturar várias calças escuras na máquina e, sim, a tortura da secadora. É ela que estraga o pigmento natural das calças jeans. Por isso, a lavagem deve ser feita normalmente, na máquina, com secagem ao ar livre. Aquela calça skinny preta vai durar bem mais!

6 – Tecido com bordados

Paetês, bordados e outros detalhes delicados também merecem atenção. Jogar essas peças de qualquer jeito na máquina pode fazer com que elas se prendam a outras, estragando a costura. O jeito correto de lavá-las é do avesso, no tanque e longe da secadora.

7 – Calças de ginástica

Essas roupas acumulam suor, bactérias, gordura e pele velha. Dá para imaginar a combinação nada perfumada, né? Uma opção é deixar calças e camisetas da academia de molho em água com sabão, antes de começar a lavagem. No momento do enxágue, coloque um pouco de vinagre branco na máquina. Ele ajudará a neutralizar odores desagradáveis mais resistentes. Meio copo deve dar conta!

Se você ainda não entendeu a parte das roupas íntimas, pode clicar nessa galeria aqui:

Sem mais artigos