Amiga, sabemos que você ficou aflita só de ler o título desta matéria. Mas estamos aqui para informar que os dados não são nada animadores. Está mais fácil ganhar na Mega-Sena ou no Roda a Roda Jequiti do que casar com um cara com menos de 30 anos. E a gente conhece bem a situação: parece que todos os seus conhecidos estão casando ou morando juntos e você está sobrando, mesmo que tenha namorado ou um peguete para chamar de seu. Segundo o site americano “Elite Daily”, algumas estatísticas podem explicar esta aparente desconexão entre homens e mulheres pós-30. Vamos a elas:

– Uma pesquisa realizada na Inglaterra, patrocinada pelo canal de televisão Nickelodeon, aponta que os homens atingem a maturidade aos 43 anos (fuen!). Já para as mulheres esse senso se dá aos 32. Então, são (pelo menos) 11 anos de diferença que separam um homem de um garoto.

– Outro estudo, do Pew Research Center, afirma que só 26% da chamada Geração Y está casada, e não parece haver uma tendência de crescimento desse número. Resumindo: enquanto pouco mais de um quarto dos jovens atuais se casaram no início da vida adulta, 48% dos nossos pais estavam casados entre 18 e os 32. 

Falta de grana: em tempos de dificuldade financeira, encontrar um emprego se torna a prioridade. De acordo com o Instituto Pew, esta geração é também a primeira em níveis de pobreza, débitos com os estudos e desemprego. As duas gerações anteriores tinham mais dinheiro e realização profissional quando ocupavam esta faixa etária.

Ainda moram com os pais: a pesquisa afirma que 36% da Geração Y continua vivendo com os pais devido aos gastos. Mas as mulheres se tornam independentes financeiramente mais cedo são 32% delas contra os 40% deles.

Medo de conviver e arcar com as responsabilidades: compromisso formalizado, filhos e tudo mais o que vem com o casamento causam um profundo medo nos homens. De acordo com um artigo publicado no “Journal of Economic Behavior and Organization”, é natural que a geração que já cresceu com o divórcio sendo algo corriqueiro tenha medo de um casamento fracassado. No entanto, entre as mulheres, parece haver mais confiança. Ou seja, enquanto os rapazes dão mais e mais razões para não confiar neles, as mulheres ainda são as mais confiantes entre os dois.

Bem, depois dessa enxurrada de dados, só apelando para Santo Antônio mesmo para casar. O Virgula Lifestyle te presenteia com a imagem desse famoso casamenteiro:

 

Sem mais artigos